Gløgg - o vinho quente popular no Natal dos países nórdicos!


Mas que provavelmente não foi uma ideia dos Vikings.



O Glögg é um vinho quente "temperado" tradicional nos países nórdicos durante o inverno, especialmente na época do Natal.


Apesar de ser há muito tempo consumida ao redor destes países, há evidências de que o vinho com especiarias originou-se no antigo Egito, por volta de 3150 aC, quando era usado para fins medicinais - era considerado um elixir curativo da vida após a morte. Este vinho medicinal egípcio era misturado com resina de pinheiro, figos e ervas como bálsamo, coentro, hortelã e sálvia. Entretanto, foi no Império Romano que surgiram os primeiros relatos oficiais de vinho sendo enriquecido com ervas e especiarias, documentados nos primeiros escritos de Plínio, o Velho (23-79 dC).


Glögg ou gløgg são os termos usados ​​para vinho quente nos países nórdicos - às vezes escritos incorretamente como glog ou glug. Escreve-se gløgg em norueguês e dinamarquês, glögg em sueco e islandês e glögi em finlandês e estoniano (tudo de acordo com a Wikipedia rs). Já na Alemanha ou na Áustria, devemos pedir por Glühwein.


Independentemente da escrita, a bebida quente é popular nestes países desde o Halloween até a véspera de Ano Novo e outros dias frios de inverno, assim, como nosso querido vinho quente nas festas juninas - e no frio que está fazendo aqui em julho ultimamente!


O vinho quente nórdico com especiarias, tem algumas diferenças do nosso. Geralmente, além das frutas, também contém algum tipo de castanha e, na maioria dos casos, também adicionam vinho do porto, xerez, vodka ou aquavitva. É um blend beeeeeeeem alcoólico pra esquentar! Há uma variedade de receitas que também usam vinho branco ou sucos de frutas não alcoólicos, como groselha, suco de uva ou cidra, como base.


Os principais ingredientes do glögg alcoólico são: vinho tinto, açúcar, especiarias como canela, cardamomo, gengibre, cravo e laranja, castanhas (nozes ou amêndoa, normalmente) e mais uma bebida destilada.


Encontrei uma receita super fácil pra quem quiser esquentar e testar essa nova mistura de bebidas alcoólicas!




A principal dica dos fãs do drink quente é: não ferver a mistura para o álcool não evaporar!


Beba com moderação! 😉





2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo